segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Tolerância com a ilegalidade

Alguns anos atrás lembro de ter assistido na TV o Jô Soares dizer que ligou para o Ligue Bicho, em Belém. Um serviço onde é possível fazer a aposta ilícita sem precisar sair de casa. Aquilo chamou a atenção de todos os que assistiram ao programa. Menos dos telespectadores que moravam em Belém. Todos já nos acostumamos a ver as banquinhas de aposta nas esquinas da cidade.
A tolerância com o jogo do bicho por aqui permite que tenhamos, inclusive, um senador eleito que sabidamente fez fortuna com a prática.
Nas páginas de O Liberal, de sábado, mais uma prova de nossa "santa" tolerância. Um matéria sobre casas sem água no bairro da Campina, em Belém, teve como personagem um apontador de Jogo do Bicho. Isso mesmo! O cara foi identificado na matéria como apontador do Jogo do Bicho, com nome, idade e endereço.
Já imaginaram quando o entrevistado for "o vendedor de maconha José da Silva, de 30 anos..."?

3 comentários:

Renata M. disse...

Gostei do Post. Esqueci de comentar!!
Mas cadê a dona desse blog? Faz tempo já néh? De volta à rotina, sem tempo pros Hobbies!!
^^

. disse...

Tô de volta, tô de volta!!

Chico Feitosa Jr. disse...

Oba....
eu já quero esse serviço.. e acho q muita gente aí também...kkkk.