quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Desrespeito com idosos

A Avenida Pedro Miranda, no bairro da Pedreira, tem nas pistas laterais duas faixas, cada. O semáforo fechou pra mim e eu parei na da direita. Para varirar, o acostamento estava cheio de carros estacionados, inclusive, no ponto de ônibus. É claro que isso impossibilita que motoristas dos coletivos parem no local adequado - o referido acostamento -, mas não os impede de tentar parar, pelo menos, na pista da direita, facilitando o acesso dos usuários à calçada.

No momomento em que parei, vi ao meu lado um idoso tentando se equilibrar no meu carro para não cair ao descer do ônibus. Em seguida, esticou as mãos trêmulas para ajudar uma outra idosa, que descia auxiliada por uma muleta. Os dois tentavam se equilibrar no meio da via. O semáforo abriu mas eu fiquei parada, esperando que os senhores pudessem se locomover com o mínimo de segurança até a calçada. Enquanto isso, não me contive. Baixei o vidro e disse ao motorista que eu o denunciaria por parar no meio da rua para a descida de pedestres (eu já tomava nota do número do ônibus e nome da empresa). Nesse momento, os dois senhores chegam à calçada e quando eu saí com o meu carro, o coletivo avançou sobre mim. O motorista tentava me trancar e me perguntava "Tu não tem o que fazer, não? Vai tomar conta da tua vida". Eu rebati "Você desrespeitou dois idosos. Tu não pensas na tua mãe, não?" e ele continuou tentando jogar o ônibus pra cima do meu carro.

Minha mãe e meu namorado vivem dizendo que eu tenho que parar de arrumar confusão na rua, comprando a briga dos outros. Mas me digam, eu estou errada? Não consigo me convencer disso.

4 comentários:

Renata M. disse...

Não está errada. Esse tipo de atitude é comum aqui no Pará porque ninguem faz nada, ninguém denuncia.
Por isso que quando alguém de outro estado visita o Pará, diz que somos índios...
Mas eles não vêem que ainda existem pessoas que lutam pelo bem comum, como eu e você!

Samuel disse...

Samuel Mota ressalta...
Vc está coberta de razão. Eu tomo a mesma atitude neste trânsito cada vez mais insano. Lembrei agora de uma amiga jornalista que roda o mundo (grandes cidades, com o trânsito maior que Belém), e estava pela primeira vez aqui dirigindo o carro, e no cruzamento da Mauriti com Pedro Miranda. Exclamou: "Eu nunca vi isso em nenhuma cidade: uma avenida com 3 pistas e a do meio indo e vindo". Aí, eu, percebi que realmente é assustador dirigir em Belém. Principalmente com os motoras que querem ser os donos das ruas e as autoridades de trênsito omissas.

BlogdoJoy disse...

POSTURA CIDADÃ,MAS O QUE MAMÃE DIZ E
O NAMORADO CONCORDA É REAL:
VC DEVE SE POLICIAR..FIZESTE A AÇÃO
MOSTRASTE A INDIGNAÇÃO,MAS VA QUE
O ONIBUS COLIDA COM SEU CARRO?..
SEU ESTADO "GRÁVIDA"?
É ANOTAR O NUMERO DA PLACA...
POSTAR COMO FIZESTE E ..VAMOS REPERCURTIR...
A ESTRTURA URBANA DE BELÉM.PRINCIPALMENTE NO QUE TANGE AO TRÉFEGO/TRANSPORTE URBANO É
MUIIIIIIIIIIIITO RUIM...
DA PROXIMA VEZ CONTENHA-SE!!!
TODOS QUE TE GOSTAM ,ESTARÃO MAIS TRANQUILOS!

cida disse...

Perfeito a atitude, essa e a Wal q eu conheço. Agora liga e denuncia o F.P desse motora pra empresa. Bjocas Wal.