sábado, 13 de junho de 2009

Viva Santo Antônio!


By Eunice Pinto

14 comentários:

Belenâmbulo disse...

Essa cara de pidona tá impagável!

. disse...

Não sou católica, mas tem santo que merece atenção!

Carlos Barretto disse...

Está ótima a foto!
Fiquei impressionado.

Bjs

Alanis disse...

Excelente safota!!

. disse...

Impressionado com a minha fé no santo? Ou no apelo? rsrsrs

Anônimo disse...

Hilária,quem olha asim até acredita.sonsa!

Carlos Barretto disse...

Nem vou te responder.
Rsssss

Patricia Lio disse...

Adorei a foto e o santo. Mas ainda acredito no amor que bate o coração, e não tem santo nem remédio que faça aparecer. Melhor ficar na espera pro coração bater sem querer. Bjs

Anônimo disse...

Fiquei impressionada com a fé e com o apelo. Na verdade com a expressao facial tao apelativa e de menina pidona que nos leva a crer na tua imensa fé no santinho. Fiquei tao impressionada que vou treinar muito e muito para fazer meio parecidinho, pois é comovente e tao esperancoso ..... Impossível dar errado, deste jeito é impossivel nao ser atendida por Santo Antonio. Amém.

. disse...

O mais engraçado é que foi espontâneo. Encontei no santo e a Eunice Pinto fez a foto. Se eu ensaiasse a cara, não sairia tão "perfeita", rsrsrsrs.

Anônimo disse...

O santo nao resolve nada. quem tem que resolver é a pretendente ficando bonita. feia e beata ninguem quer! rsss

Ana Léa Marçal disse...

Acho que vale tudo quando se quer encontrar um grande amor. Até apelar pro Santo ou para intervenções mais alternativas: mandingas e banho de cheiro. Só temos que tomar cuidado. Isso me fez lembrar daquelas propagandas da Riachuelo:

"Mãe Jurema: Traz o amor no terceiro dia".

Pode até ser verdade, mas ela não diz o ano e nem a reencarnação...Aí complica!!(Conclusões óbvias para propagandas não tão óbvias)

O bom mesmo é quando a gente encontra o amor de forma despretenciosa. Tive sorte,então! :D

Giorlando disse...

Queres o que já tens? Usa o que é teu. Ou "quanto mais tem, mais quer"?

. disse...

Não se trata de "já ter". Quero um marido, ora!