segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Onde Terra do Meio significa paz

Quer ter um dia de paz?
Sentir aquele cheio de mato gostoso?
Tomar aquele suco ou aquela cerveja gelada?
Passear de canoa ou fazer uma trilha?
Comer um peixe caprichado ou até uma carne grelhada?
Tudo isso pode ser feito em dia de semana também, viu!
A solução está aqui.
Terra do Meio.
O lugar inaugurou no final de maio e já é referência em Belém.
Além da beleza do restaurante e dos pratos deliciosos, o restaurate encanta por tudo que o envolve. A começar pelo proprietário, o escritor e marqueiteiro André Nunes (meu pai postiço lindo, fofo e maravilhoso). Um homem inigualável, cheio de histórias para contar e carinho para dar aos seus clientes e amigos.
O Terra do Meio fica em Marituba a três quilômetros da BR-316, na nascente do rio Uriboca. Nos arredores do sítio do André está localizada uma comunidade remanescente de quilombo, de onde veio parte dos funcionários do restaurante. Daí, vem outra figuraça que é parte dos encantos do Terra do Meio, o Maracajá ou Maraca, para os mais íntimos. Ele é o respónsável, inclusive, pelas belas malocas que há no local. Homem trabalhador e dono de uma gargalhada fascinante.
Lá também trabalha o Seu Pança. O nome dele eu não sei qual é, mas o que importa é a pança que ele tem (risos). Seu Pança é enorme. Homem grande que é pago para assustar os engraçadinhos que ousarem invadir o local. É destemido. Masssss, não digam que tem Matinta Perêra vindo por aí que até a pança encolhe. Pois é, meu povo, seu Pança não tem medo de homem algum, mas Matinta Perêra ele tem pânico!.
Assim é o Terra do Meio. Belo, gostoso e encantado.
Abaixo tem algumas fotos do local para vocês ficarem com mais água na boca.
Ah e o endereço, vocês pegam no site que eu indiquei lá em cima!









9 comentários:

Rita Helena Ferreira disse...

Conheci seu blog hj e adorei.
Já adicionei a meus favoritos.
Abraços.

. disse...

Obrigada, Rita!
Volte sempre por aí!
Beijocas!

Lafayette disse...

Papai acabou de me ligar: vai no blog da Valeisca (ei, tu pensas que quando a pessoa fala, sai com "w" e "k"? tsc tsc, o meu sai com "i" e um "t" rsrsrs), ela postou algo ótimo lá.

Vim e vi. Muito bacana as tuas palavras.

Mas me diz uma coisa, como tiraste a segunda foto?

andré disse...

Juro que o Jorge Aragão e o Almir Guineto, em uma visão transtempo, inspiraram-se no teu sorriso luminoso, emoldurado pela Terra do Meio, para compor:
"O coisinha tão bonitinha do pai"

Um beijo

andré

. disse...

Ei, Lafa, tu não reconheceste essas fotos??? Ahhhhh, mereces um puxão de orelha, viu, maninho! São todas do site do restaurante. Até a minha! Não sei quem, nem como tirou, rsrsrs (quer dizer, a minha eu sei!)

E paizito lindo, tu já colocaste a tua foto no presente que dei? Põe que da próxima vez que eu for aí eu quero ver!

beijocas!

mlettis disse...

Eu já fiquei com agua a boooooca!!! tem papinhas também? rsrs

Lafayette disse...

réréré

Era sono!

Anônimo disse...

Valeu a dica, o lugar é lindo!

Ao redor disse...

Ai, que vontade de ir ao lugar, ainda mais de tiver o André pra me recepcionar...