sexta-feira, 24 de julho de 2009

Férias com estresse? Tô fora!

Final de semana chegou e a pergunta que mais escuto é "vais pra Salinas?".
Não, queridos. Não vou!
Na semana passada estive lá e fiquei me perguntando o que leva alguém a pagar para sofrer?
Aquela praia do Atalaia é insuportável. Música de enlouquecer qualquer um, engarrafamento em lugar completamente impróprio, estresse para o carro não alagar. Ou seja: completo transtorno em momento em que tudo que se busca é tranquilidade e descanso.
Isso sem falar na sujeira da praia e na quantidade de gente mal educada.

Ok, podem me chamar de rabugenta. Sou mesmo!

Ah, aproveito e recomendo este texto.

7 comentários:

Apoena Augusto disse...

Convenhamos: Belém fica ótima vazia do jeito que está.

Carlos Barretto disse...

Estamos juntos neste ponto de vista.
Também "tô fora"! E Belém fica perfeita sem os bárbaros.

Anônimo disse...

Rabugice é sintoma de má companhia. Estás rabugenta, mas isso é provisório.

Gabriela Cravo e Canela disse...

Bom eu adoro Salinas, até pq a frequento dsd criança, mas inflizmente tenho que ocncordar com depredação que, principalmente, a praia do Atalaia sofre. Pudera eu pisar naquela areia sem ter que tropeçar em garrafas, latinhas...ou ter que desviar de uma quantidade infinita de carros...pudera eu ouvir somente o barulho do mar e do vento, ao invés de buzinas e caixas de som enlouquecedoras. Espero que protestos e posts sejam lidos e ouvidos, para que alguma solução seja tomada...Boa observação Waleiska.

Marie disse...

Eu não suporto Salinas, ainda mais em Julho. Acho um absurdo aquele monte de carro na areia, com seus sons altos e um monte de gente caboca metida a fina. Quando eu for imperatriz do mundo mandarei fuzilar todos eles, ahahaha.

Anônimo disse...

Belém podia ficar o ano inteiro igual mês de julho né? com todos os que estão de férias (de verdade e os que embarcam na loucura de verão) fora dela. Salinas SEMPRE estive fora... pobres frequentadores... Fabíola

Anônimo disse...

Sabes para que, entre outras razões, eu rezo? que tenham sempre dinheiro para sairem de Belém no mes de julho.