segunda-feira, 8 de março de 2010

Hoje é dia de sair de homem na rua

Você, mulher, recuse aqueles abraços em que os homens se aproveitam para lhe passar a mão. Recuse os salgados que aumentam as celulites e as flores que murcham igual ao discurso do respeito pela igualdade feito no dia 08 de Março!

Como não tenho mais nenhuma inspiração para escrever sobre o assunto, reproduzo o que escrevi no ano passado.


08 de Março. Abaixo a hipocrisia

Que me perdoem as feministas, mas eu não gosto do Dia Internacional da Mulher.
Todos os anos, por sinal, uso roupas de machinho nesse dia. Acho tudo muito cheio hipocrisia.
Os governos se danam a falar em políticas públicas para as mulheres.
Nas empresas e repartições, tocam sempre aquelas mesmas músicas cafonas.
Enchem a gente de chocolate, salgadinhos e outras coisas engordativas, que não só fazem mal para a nossa autoestima depois.
E por onde passamos, abraços e abraços - uns bem falsos - "feliz dia da mulher", "parabéns pelo seu dia". Tem sempre um que aproveita e dá um abraço mais apertado...

Trocaria toda essa babação por coisas bem mais simples, que não durassem apenas uma semana festiva. Como, por exemplo, poder fazer sexo com quem eu quiser sem ouvir termos preconceituosos.

Sinceramente, acho que a única coisa que combina com o Dia Internacional da Mulher mesmo são as flores que recebemos. Elas murcham igual o falso respeito que um monte de gente diz ter no dia 08 de março.

====

PS: A única mulher que felicito nesse dia é minha mãe. Porque ela é O CARA...

7 comentários:

Lilian Glaisse disse...

hum hum, eu tb sou O CARA! rsrs
E, pô, abraço espertinho é o que há!!! hahaha

adorei a parte do "Trocaria toda essa babação por coisas bem mais simples, que não durassem apenas uma semana festiva. Como, por exemplo, poder fazer sexo com quem eu quiser sem ouvir termos preconceituosos."

bjos, amo-te!

Lilian Glaisse disse...

hum hum, eu tb sou O CARA! rsrs
E, pô, abraço espertinho é o que há!!! hahaha

adorei a parte do "Trocaria toda essa babação por coisas bem mais simples, que não durassem apenas uma semana festiva. Como, por exemplo, poder fazer sexo com quem eu quiser sem ouvir termos preconceituosos."

bjos, amo-te!

J. disse...

Leiska,

Concordo plenamente. Também sou contra toda essa propaganda, essa coisa que soa falso mesmo. Acho tudo muito machista e hipócrita. Na verdade, infelizmente, muitas mulheres ainda são machistas, então, talvez para estas, o dia caia como uma luva!

Mas pra mim, não, rs. E nem pra ti, né? ÓTIMO, quem sabe a gente puxa mais umas pro time? Se não eu não conseguir, me contento em deixar as pessoas de boca aberta com meus comentários nem um pouco femininos, hehehe.

Bjs, querida!

Paulinha, vulgo Joana.

Tanto disse...

Concordo com tudo.

Nem tenho o que dizer, tuas palavras encaixaram como uma luva.

Luciane disse...

Waleiska, acho que, apesar de ser doce e engordar, o que vale é a intenção... srrsrsrs Mas homens realmente sensíveis homenageiam e respeitam as mulheres todos os dias. Bjs! Lu.

Rita Helena Ferreira disse...

Querida, depois dessa falo sem pudor: virei sua fã!!!!!!
Perfeito.
Tudo artificial. Amanhã, sai mais um vídeo na internet, onde um casal faz sexo em uma sala de aula e a história se repete: o garanhão e a puta.

Desculpe-me pelos termos, mas é que vc foi perfeita!

Abraços!

Dani e Clarice Franco disse...

Pois eu recebi um "feliz dia da mulher magnífico do Carlinhos Vera Cruz:"que todas vocês tenha um ótimo orgasmo". Tá lá no facebook.

E é o que desejo pra mim, pra ti e pra todas, todas, todas. Mto orgasmo pra gente hoje e sempre.