domingo, 18 de outubro de 2009

Mosqueiro e outras cositas mais

Há 4 anos eu não colocava os pés na ilha de Mosqueiro.
Que experiência maravilhosa a de passar um final de semana lá, quando não tem aquela agitação de feriado.
Compreendo agora as declarações apaixonadas dos freqüentadores do lugar.
Sim, Mosqueiro é maravilhosa!

11 comentários:

Lafayette disse...

Arrááááá... num falei! ;-)

Fabíola disse...

que parte de mosqueiro ficaste hein? a ilha está abandonada, mal iluminada, assaltantes à solta, dá medo andar por lá fora d temporada... em seis meses, nossa casa foi alvo de 3 assaltos, um c/ vítima (baleamento), graças que não foi fatal.

. disse...

Não entendi, Lafa...

. disse...

Fabíola, eu fiquei no Morubira. Bebi até tarde de janela aberta, depois bebi na calçada e, não satisfeita, atravessei a rua e fui tomar banho de madrugada. Absolutamente nada me aconteceu.
No dia seguinte fiz um passeio tranquilamente e também não vi barbárie alguma.

Realmente achei a ilha um pouco suja e abandonada, mas ela continua com seus encantos...

Lafayette disse...

É que minha dica também incluía beber um vinho com janelas abertas pegando o vento que vem "dicunforça", zimbado, pela baia do Marajó!

Viu, já estás melhor!

. disse...

Vinho? vento que vem "dicunforça", zimbado, pela baia do Marajó?
Isso é palpite ou é verde, Dr. Lafa?
Acho que já li esse texto em algum lugar...

Lafayette disse...

Agora eu é que fiquei buiandu!

hummm... deixa eu pesquisar pel'aí...

Lafayette disse...

hummmm... intindi! rsrsrsrs

Deve ter ficado na minha memória reflexa. rsrsrsrsrs

. disse...

hahahahahhahaha
Como diz um amigo nosso e comum, é o tipo de post "Pega, Lafa!"

Carlos Barretto disse...

E pegou direitinho. Mais uma vez!
Rsssss

Lafayette disse...

Ah tá... rolou.

rárárárárárárárá