terça-feira, 5 de maio de 2009

Tal mãe, tal filha

- Mãe, acende a luzinha!
- Não, Dalila. Deixa só a luz do banheiro.
- Mas, mãe, eu queria também a luzinha.
- Mas eu não! Deixa assim.

Murmúrio de choro

- Vai começar? O quarto é meu! Se você quiser dormir comigo, durma do jeito que eu gosto.
- Então, tchau! Durma sozinha aí!
.

3 comentários:

Carlos Barretto disse...

Rssssss

Keu Dias disse...

Estive aqui...

Lilian disse...

saudades de vc's!!!

o marido da Tia Lourdes se foi. te falei que ele tava há 3 meses na UTI?