sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Viva la vida

A TV e a geladeira já estão funcionando bem.
O ar condicionado decidiu voltar a gelar.
Minha super empregada de confiança optou por ficar em Belém.
Os exames da Dalila estão indo bem e estou feliz por acreditar que não há de ser nada sério.
Só falta resolver aquele outro probleminha...

Por sinal, gente, meu blog tem sido invadido por pessoas que acham um absurdo um filho ser sustentado por mãe e pai igualmente, vocês acreditam? Tenho sido ofendida com muita freqüência, em comentários anônimos não publicados [obviamente], de coisas que vocês nem imaginam, pelo simples fato de estar buscando o direito da minha filha.
Olha... tem que ter paciência e sangue frio nessa vida!

Mas o que importa é que a vida é bela, mesmo que com caminhos tortuosos! Não tenho medo de represálias.

19 comentários:

Yúdice Andrade disse...

Não haverá represálias, moça. São apenas doentes da alma e do espírito que sentem necessidade de ferir, humilhar e ofender os outros. Fazem isso mesmo quando damos demonstrações de que a coisa simplesmente não funciona.
O único modo de proceder é ignorá-los por completo. Conselho de quem já passou demais por isso.

. disse...

É isso mesmo, Yúdice!
Você está corretíssimo!

Beijins!

Anderson Reis disse...

É um absurdo alguem achar que pai não tem obrigação de sustentar!!! Os direitos são iguais, em todos os sentidos, inclusive na hora de dar amor!
Mas pena que nem sempre é assim!!!!
Anderson

Kiara Guedes disse...

é que os pequenos não querem crescer, querem que os grandes diminuam. lembrei da época da faculdade em que tinha, as vezes, de colocar na cabeça de alguns "estudante de direito" q como iriam lutar pelo direito, qq um se não conseguiam buscar os seus próprios, aquilo me parecia mais que falta de maturidade, mas uma pequenês maior que a propria alma!

Lafayette disse...

Paciência é o caldo da galinha (égua da frase doida esta! rsrsrs).

Vai, mete a cara, e tudo ficará resolvido, não sei se bem resolvido, mas ficará resolvido.

(já esgotei minha cota de xingamentos a anônimos hoje)

Tanto! disse...

Se fosse você publicava! Publica a vergonha dos outros, as grosserias dos outros, que não é vergonha nem grosseria tua! Até melhor, depois, se precisar demonstrar alguma coisa! Publica!

Marie disse...

No mínimo é ridícula a atitude dessas pessoas. Mas em tempos de perseguição a moças que usam minissaias, nada mais me espanta, infelizmente. (Imagina se o povo da Uniban visse as roupas que a gente ia pra aula na UFPa, hahahahaa).

. disse...

hahaha... Marie, outro dia eu comentei isso "gente minha turma na UFPA era tão vanguardista. Naquela época nós já tínhamos uma atitude Geyse!"

. disse...

Pois é, Fernando!
Me arrepndi muito de ter recusado os comentários. Eu não deveria ter feito isso. Mas é que na hora eu realemnte fiquei com raiva. Tinham coisas como "O fulano deve estar arrependido de ter se casado com uma suburbana (e em caixa alta)"; "Vc quer gozer com o dinheiro alheio?"; "Se vc soube fazer filho, se vire e sustente"; "Coitado do fulano, ter escolhido vc pra ser mãe da Dalila, sua ridícula".
O que fiz na hora foi recusar todos. Eram uns sete comentários, no total.

Obrigada, queridos, pelas palavras de apoio.

DaniC disse...

Filho não nasce só. Precisa de duas pessoas, ou pelo menos duas cargas genéticas. Por que só uma parte precisa ser responsável? Boa sorte, querida! Bjs.

Rê Cicca disse...

Esse blog é interessante porque vc coloca a SUA posição de pessoa que tem uma certa experiência de vida!!! Parabéns ao blog !!!

FaloPorqueTenhoBoca também lê
www.descompensando.blogspot.com

Anônimo disse...

Lelé, deverias publicar os comentários e não mentir sobre as coisas escritas: a frase que mandei: "algumas muitas mulheres gozam com o dinheiro alheio (dos filhos) e disseste que a frase era "você quer gozar com o dinheiro alheio", pura mentira. Agora, se vestiste a carapuça, te coube muito bem.

. disse...

Anônimo, eu disse que ia publicar a partir de agora e publiquei.
Ah, tá. Me confundi com essa frase, né?
Com as demais, vc continua concordando... Ok! Problema seu.
Beijinhos!

Ah, e sobre a tua acusação, é uma piada!!! Dinheiro dos filhos??? Graças a Deus ela tem uma mãe que trabalha muito (e adora isso) pra que nada lhe falte.

Aninha disse...

Nossa,Leiska. Que isso? Eu tô chocada com esses comentários preconceituosos e sem fundamento algum. Agora eu me pergunto: O que as pessoas ganham falando esse tipo de coisa?Sinceramente, eu não sei!Querem criticar?Ótimo, mas mostrem a carinha,crianças!! Gente infeliz é foda,meu!! Eu sempre falo: quem cuida da sua vida, não tem tempo pra cuidar da vida dos outros.Não é mesmo?

Ao redor disse...

Leiska, tô chocada, que agressão foi essa? vou te dizer, ou é alguém doente, ou tem muita inveja de ti. Credo.

Eu mesma disse...

Cê num sabe o feliz que me faz sabr que os exames da nossa Super estão dando bem... do eletrodomésticos.. ai! ai! são foda, ne? eu ando pensando onde arremesar maquina de lavar..rsrs
Agora, essa ou essas onças que resolveram mostrar as garras, simplesmente, uma vergonha!
beijos e força na peruca amiga... não te abala, vai tocando o barco que por fim quem não paga vai preso e ponto final.

Lafayette disse...

Mana, é verdade, você tem que ignorar, deixa pra lá...

...mas eu não.

Anônimo covarde (detesto anônimo-por-ser-anônimo, se ainda fosse na época da clandestinidade, onde era matar ou morrer...), cara, a Waleiska pode o que quiser, falar o que quiser, por vários motivos, direito à liberdade de expressão, cidadania, espiritual, e tal, mas pra mim foda-se, ela pode por que pode. Sacou a parada, otário?

E não vem com este papinho de falei isto e não foi pra ti, vestistes a carapuça.... coisa de babaca.

Ela comentou sobre pensão PRA filha e tu vem com uma frse dessas... era pra quem? Pra minha mãe, ô babaca? És tão otário que nem assumes o que falas.

Se fosse assim, por que não escrevetes: "alguns muitos homens gozam com o dinheiro alheio (dos filhos)", ou seja, não pagam suas pensões ALIMENTÍCIAS aos filhos e vão gastar a grana com cerveja.

A pensão é A L I M E N T Í C I A, ô filho de égua parideira.

Vem querer dar uma de grosso com a Waleiska...

Otário e babaca. Babaca. Cuzão. Abestado e abestalhado. Filho de Quenga. Mané. Manezão. Cretino. Canalha. Vagabundo.

Não tem papo, é otário e mané mesmo. Babaca. Pode meter a cara. Comigo não tem essa não. Ela é minha irmã, filha do meu pai e da minha mãe. Seu canalha.

É pra meter a cara mesmo. Vamos fazer o seguinte. Vamos pra porrada, eu e tu, na boa. Vou fazer o seguinte (pra ver se tu te empolgas e topa a parada): tu começas me dando um soco na cara. Mão livre. Coloco minhas mãos pra trás, e boto o carão livre pra ti. Pode acertar com mão como quiseres, pegar distância, vim zimbado, correndo e acertar. Sem problema. Aí, depois, a gente segue a porrada normalmente, na boa. Só nós, eu e tu, tipo casalzinho, gostosinho, cara a cara, faccia a faccia, face to face.

E aí, topas?

Vai procurar a tua turma, mané. Otário!

. disse...

hahahahahahahhaahahahaha
hahahahahahhaha
hahahahahahahahhha
hahahahahahahahahhaha
Lafayette, ninguém no mundo tem mais capacidade de de colocar um anônimo cretino em seu lugar do que tu. Ninguém!!!

Linda defesa, meu irmão!
Até me emocionei!!!

Carlos Barretto disse...

Mas era só que faltava. Anônimo babaca é assim em todo lugar.
Ratos que arrastam-se pelos blogs, destilando sua inveja, incompetência e variações da mesma origem. E ainda faltando com o respeito às pessoas.
Mas que saco!
Mostra tua cara! Rato!