sábado, 13 de dezembro de 2008

A invisível da cidade colorida

- E aí, o que vais fazer hoje?
- Vou no aniversário da mãe da Ana.
- Legal. E eu, vou em um amigo invisível.
- Ah, eu adoro amigo invísivel! Sempre gostei, desde criança.
- Tu gostas? Eu curto mais ou menos.
- Eu gosto bastante, mas nem tô participando de nenhum este ano.
- Como consegues escapar de um amigo invisível?
- Sei lá. No ano passado também não participei de nenhum.
[silêncio]
- Pensando bem, desde que mudei pra Belém acho que ninguém me acha amiga o suficiente pra participar de um amigo invisível (risos)
- Então volta pra aquela cidade cinza e fria.
- Ela é fria, cinza, mas me acolheu. Lá eu era visível e meu telefone tocava para amigos invisíveis e outros programas legais.
- Então, tá! Bom falar contigo, querida!
- Beijos, querido! Boa festa!

=====
Amigo invisível = amigo secreto

2 comentários:

Eu mesma disse...

aaaaahhhh!!! que vontades de apertar tuas bochechas e te chamar para programas coloridos na cidade cinza!!! nunca apertei tuas bochechas...mas sei lá, me deu uma vontade agora!!!

Dani Carvalho disse...

Interessante este seu comentário. Morei uns 3 meses em SP e tenho exatamente o mesmo sentimento...